Homeopatias para tratamento da febre amarela



A febre amarela é uma realidade epidêmica também na África assim como a malária há algumas décadas, c om sérias consequências para toda a população.

Conheci várias religiosas que quase vieram a óbito pelas inúmeras vezes que já contraíram febre amarela ou malária, mais de dezena de vezes, repetidamente. Voltam para o Brasil para tratarem-se com inúmeras sequelas. Algumas se recuperam, outras não; é um sofrimento que se arrasta diariamente pelo resto de suas vidas, sem solução na alopatia.


Os poucos remédios alopáticos disponíveis produzem hoje um tratamento com baixa eficácia, devido a mutação genética dos vírus. O tratamento do Plasmodium da malária é ainda a base de China, o primeiro remédio estudado por Hahnemann, o fundador da homeopatia.


Os alunos perguntam: “Qual a homeopatia que é preventiva para febre amarela e malária?”

Respondo-lhes sempre: Qualquer remédio homeopático que for escolhido para a pessoa seguindo as leis básicas preconizadas e estiver sendo tomado corretamente será preventivo, pois o principal objetivo da homeopatia é fortalecer o sistema imunológico dos seres vivos. Para tanto, a similitude deverá ser priorizada ou o tratamento do reequilíbrio dos miasmas, que são os deflagradores das predisposições herdadas.


Para que se concretize o ciclo de contágio, o organismo necessariamente deve estar predisposto ao processo, senão ele não segue adiante: a própria pessoa reage combatendo a sequência do seu desenvolvimento mas, para isso, deve estar como um todo fortalecida e a informação da predisposição hereditária deve estar harmonizada, porque, dependendo do grau, o contágio já poderá ser fatal já no primeiro adoecimento ou este permitirá que a pessoa tenha a contaminação dezenas de vezes sem, contudo perecer, ficando apenas os maus efeitos em maior ou menor grau.

Mas como saberemos do nível deste grau individualizado de predisposição herdada?

Pelo histórico familiar e pessoal do indivíduo aliado aos conhecimentos específicos da homeopatia conseguimos vislumbrar o que poderá ocorrer no organismo e na mente e até mesmo como iremos harmonizar os maus efeitos posteriores. O importante é estarmos conscientes de que a homeopatia, pelos seus princípios e leis, é uma ciência que possui as maiores e melhores ferramentas conhecidas atualmente para promover o restabelecimento pleno da saúde daqueles que adoeceram pela febre amarela.


Se este tratamento for feito de maneira correta haverá a quebra do círculo vicioso da transmissão para os descendentes, que nascem com maior grau de predisposição que seus pais e, assim, sucessivamente. Por isso os surtos cada vez mais intensos em determinadas regiões e a letalidade aumentando significativamente.



1 – Homeopatias para quem está com com a doença manifesta atualmente, seja por febre amarela ou malária.


Colocar 3 gotas de cada remédio em copos separados ou garrafa de água mineral de 500ml, etiquetar (1, 2, 3) e ir tomando pequenos goles de 15 em 15 minutos no primeiro dia. No segundo dia pode ser de 1 em 1 hora, pois haverá grande melhora dos sintomas gerais. Já no terceiro dia de 2 em 2 horas; quarto dia poderá tomar 6 vezes ao dia e no quinto dia, 4 vezes ao dia.


Até 5º dia – MALÁRIA China CH5 – Fígado CH5 – Plasmodium CH5 –


Até 5º dia – FEBRE AMARELA Crotalus CH5 –

Fígado CH5 – – Virus da febre Amarela CH5


Após 5º dia – MALÁRIA China CH5 – 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 30 dias. Fígado CH5 – 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 30 dias. Plasmodium CH5 – 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 30 dias para malária. Seguir tratamento do item 2.


Após 5º dia – FEBRE AMARELA Phosphorus CH6 – 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 30 dias. Fígado CH5 – 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 30 dias. – Virus da febre Amarela CH5 ou Vacina da febre amarela CH5 – 2 gotas em um gole de água 2 vezes ao dia por 30 dias para febre amarela. Seguir tratamento do item 2

Artigo retirado de www.homeopatias.com

Escrito por Eliete Fagundes


Posts Em Destaque
Posts Recentes